Il tempo mi avrebre dato ragione!

O meu nome é Clóvis Duduka da Silva Monteiro e eu iniciei uma árvore genealógica. Escrever um livro, plantar uma árvore e ter filhos, é isso?!

O site foi criado usando o MyHeritage, parceiro do  Family Search. Este é um excelente sistema que permite a qualquer um, como você e eu, criar um site privado para sua família, criar sua árvore genealógica e compartilhar fotos de família. Se você tem qualquer comentário ou feedback sobre este site, por favor, clique aqui para entrar em contato comigo. Aprendi, em italiano, que “il tempo mi avrebre dato ragione” (“O tempo me deu razão”). Li isso num livro, em italiano, do Diário de Che Guevara, que também dizia que “ha un albero che disturba la vista della foresta” (“Tem árvore que atrapalha a visão do bosque”) . Woody Allen escreveu –  com seu característico humor judaico, que a guerra da Revolução Bolchevique só terminou quando os russos descobriram que o Tsar e o Csar eram a mesma pessoa. Pelos escritos de Lenine, há um  esquerdismo doentio que antecede a última fase… Ou será mero acaso?!?

Bem, não é o caso da Família Monteiro.

Uma árvore genealógica é o caminho natural para se fazer um belo bosque. Se você se encontrar, por acaso, vinculado aos Monteiros, por favor, não se preocupe. Ao se realizar uma árvore genealógica juntamos os Silvas, Freitas, Capruchos, Menegaldos, Antoniazzis, Simões, Francos, Ferreiras, Modestos, Salvadores, Moreiras, Mattos, Carvalhos, Fassinas, Costas, Barreiras, Álvares e uma enormidade de sobrenomes de várias árvores familiares. Se você for adotado e tiver familiares por afinidade, tente reconstruir sua árvore genealógica sem rancores, colocando seus pais biológicos e familiares assim como seus pais que o adotaram. A complexidade pode ser maior, mas com efeito seus descendentes terão a possibilidade de conhecer ramos familiares por afinidade e/ou biológicos diversificados.

Uma Árvore Genealógica é isso mesmo: trás descobertas significativas, surpresas e até emoção. Entes queridos que já se foram, familiares que não conhecíamos, ramos de nossa árvore que não imaginávamos que existiam e assim por diante. Parentes ausentes ou distantes, que poderão se tornar mais próximos ou não. E novos vínculos são criados, com novos laços familiares. Emoção e racionalidade juntos. Entre em meu site e faça de seu vinculo o início de sua árvore genealógica. Você estará me ajudando a criar um lindo bosque com diversas árvores genealógicas com seus ramos de várias famílias – e que de certa forma, nos vinculamos a uma só família humana – sem sobrenomes. Teremos os Monteiros, os Silvas, os Simões, os Ferreiras, os Modestos, os Capruchos, Barreiras, Moreiras e assim por diante.

Aprendi, também, que “Todo Movimento Honesto produz e trás bons frutos“. A árvore que criei da Família Monteiro é isso. Transparente, responsável, verdadeira e familiar. Sejam bem vindos! A nossa árvore genealógica foi publicada! Há mais de 500 nomes no nosso site de família.

O site foi atualizado em 16 de mar de 2018, e ele tem atualmente 76 membro(s) registrado(s). Se pretender tornar-se membro também, por favor clique aqui.   Aproveite!

E.T.: Realizar uma árvore genealógica tem seus méritos científicos: para a medicina pode-se descobrir a origem de determinadas enfermidades ou alterações genéticas presumíveis… no campo da economia quem sabe uma herança bem vinda? No campo da história estórias… Mas prefiro optar pelo sintoma mais leve e menos complicado: fazer uma árvore genealógica nos estimula tanto, nos excita tanto, que dá vontade de beijar a boca daquela pessoa que te atraí tanto,  e com a língua arrancar uma gota de saliva da parede interna de suas bochechas…. dá pra fazer um belo de um exame de DNA…

Bem, plantei uma semente e vi nascer uma árvore genealógica no mundo digital. Agora, só me resta plantar um pé de canábis sativa…

Originalmente publicado em DDK Produções